domingo, 11 de outubro de 2015

Filomena Bilber, Espinho

"O orgulho é uma cerca de arame farpado que machuca quem está de ambos os lados."
(Eça de Queirós) 

Presépio feito com arame e contas de cor. 



Sem comentários:

Enviar um comentário