domingo, 11 de outubro de 2015

João Sá Nogueira - CRIC


"Para vermos o azul, olhamos para o céu. A Terra é azul para quem a olha do céu. Azul será uma cor em si, ou uma questão de distância? Ou uma questão de nostalgia? O inalcançável é sempre azul. "   (Clarice Lispector)

Este presépio é muito amoroso.As vestes lembram a chita de Coruche.

Sem comentários:

Enviar um comentário