sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Isabel Catarilhas Pires – Estremoz

Só a arte permite a realização de tudo o que na realidade a vida recusa ao homem."
(Johann Goethe)

Alentejo é precisamente o sítio onde todas as utopias são possíveis!  As planícies sem fim, onde o olhar se estende sem obstáculos, as serranias com os seus sobreiros e belos girassóis.

Este presépio representa bem o Alentejo. S. José veste um capote alentejano e Maria uma veste de ceifeira. Estão abrigados numa cabana de pastor. Não foi esquecido o tarro para guardar os alimentos e os manter quentinhos, o coxo, para beber água e o anjinho a anunciar a boa nova.
 Está maravilhoso, não acham?





Sem comentários:

Enviar um comentário