sábado, 14 de janeiro de 2017

Vasco Campos – Lisboa

"A música não é apenas a arte mais jovem, mas talvez a única cujo exercício, se é para ser eficaz, requer uma juventude completa de espírito".
(Manuel de Falla)

O disco de vinil surgiu no ano de 1948, tornando obsoletos os antigos discos de goma-laca de 78 rotações - RPM (rotações por minuto) - que eram utilizados desde 1890! É de cor preta e pode ser reproduzido através de um gira-discos.

Os discos de vinil são mais leves, resistentes a choques, quedas e pela sua excelência na qualidade sonora e das belíssimas capas de fora!

A partir do final da década de 1980 e início da década de 1990, a invenção dos compact discs (ou CD, então lançado em Agosto de 1982 na Alemanha pela Polygram) prometeu maior capacidade, durabilidade e clareza sonora, sem chiados, fazendo os discos de vinil ficarem obsoletos e desaparecerem quase por completo no fim do Século XX.

Chega de curiosidades! Só falta partilhar a foto convosco!





Sem comentários:

Enviar um comentário